O que andam falando por aí - 2001

História da origem do nome do cachorrinho Onodi 
segundo a Internauta Emília....
.

Quarta-feira, 14 de março de 2001

Tem uma história ilhoa de que gosto muito e até já foi contada em livro por um cronista local. Mas sinto-me no direito de relatá-la também, ao meu jeito, porque a ouvi pela primeira vez de um dos protagonistas, aqui mesmo na minha varanda - quando o Sítio ainda nem sonhava em existir. Quem viveu o caso foi Almir Tirelli, tapeceiro maranhense, casado com a mineira Stella e residente até há alguns anos na Ilha. Depois, resolveu mudar de ares e mora hoje em Tiradentes, Minas Gerais.

Segundo me lembro, ele costumava passar em frente a uma casa que tinha um cachorro, a quem sempre fazia um agrado. Um dia, perguntou ao dono o nome do quadrúpede, que respondeu:

- Onodi.

Depois disso, Tirelli passou a tratar o cachorro pelo nome até que, um dia, o dono perguntou-lhe por que sempre chamava o bicho de Onodi.

- Ué, me dissesses que era esse o nome dele!

- Ô no di nome nenhum pra ele!

Pronto... Henrique assanhou meu ufanismo de mané auto-intitulada e já enveredei pelos casos raros da Ilha que, na verdade, é conhecida como a dos casos raros, e com muita justiça.